Smart Farming

Entenda como o uso da tecnologia em premissas sustentáveis promove mudanças positivas no setor

A agricultura é um setor vital para qualquer país, sendo ele produtor ou consumidor. É por meio dela que são produzidos os alimentos e os insumos primários necessários para abastecer inúmeros tipos de indústria e o comércio, além de alavancar o setor de serviços. É certamente um dos pilares da economia mundial.

Pela importância da agricultura e os seus avanços constantes, surgiu o conceito de Smart Farming — uma proposta similar à da Smart City — que tem por objetivo diminuir os problemas existentes no campo, gerando bons resultados tanto para os agricultores quanto para os consumidores.

Vamos entender melhor quais são os problemas enfrentados pelo setor agrícola e onde o Smart Farming pode apresentar soluções inovadoras, criativas e definitivas, com base na tecnologia, na colaboração e na sustentabilidade.

Principais problemas que a agricultura enfrenta

Uma área substancial para o desenvolvimento de um país merece atenção constante e foco para melhorias. A agricultura mundial, mais especificamente a brasileira, possui alguns gargalos que podem ser resolvidos com planejamento e projetos eficientes.

O Brasil tem a maior concentração de água doce do mundo (cerca de 12%) e, apesar dessa abundância, não pode e não deve desperdiçar. Mesmo um manancial como este, não é fonte infinita. O desperdício de água é um dos principais problemas enfrentados pela agricultura brasileira.

A utilização irresponsável da água somada às perdas na distribuição resulta em prejuízos ambientais e financeiros para o setor e para a economia. De acordo com o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), órgão do Ministério do Desenvolvimento Regional, quase 40% da água potável do Brasil é desperdiçada (dados 2019), boa parte por conta da má distribuição e irrigação inadequada. Isso equivale a cerca de 4 bilhões de litros perdidos todos os anos.

Somando a isso, o Brasil ainda tem um sistema bastante burocrático de financiamento para agricultura, concentra renda bruta em alguns poucos grupos produtores e não está conseguindo equilibrar o excedente exportável com o consumo interno de alimentos, ainda que seja uma das maiores potências agrícolas do mundo, sendo líder de produção e exportação de muitos insumos.

Diante desse cenário, vamos entender como o Smart Farming pode colaborar para mudar essa realidade.

O que é Smart Farming?

Encontrar maneiras de otimizar a agricultura em todos os níveis é a proposta do Smart Farming, ou Agricultura Inteligente, elevando as práticas atuais à chamada Terceira Revolução Verde.

Assim como a Smart City, o Smart Farming é um conjunto de soluções tecnológicas que tem por objetivo melhorar a vida das pessoas, seja na cidade ou no campo. Consiste em unir e aperfeiçoar necessidades fundamentais das populações ao melhor manejo – do plantio à colheita -, utilizando a tecnologia e as premissas da sustentabilidade.

Como o Smart Farming auxilia a agricultura

Smart Farming significa, literalmente, Agricultura Inteligente e isso já engloba o conceito de produção agrícola potencializada e sustentável, com base em abordagens precisas e eficientes em termos de recursos e de pessoas.

O acesso a informações em tempo real permite a tomada de decisões assertivas e precisas por parte do produtor. Por meio de ferramentas tecnológicas inteligentes, é possível analisar os resultados e fazer projeções, resolvendo problemas de forma mais simples e antes que tomem proporções que dariam prejuízo, além de permitir o aumento da produção em ciclos mais curtos, sem a necessidade de esperar uma nova safra, por exemplo.

Outro ponto importante é a valorização e capacitação da mão de obra local, e das parcerias que fomentem o desenvolvimento nuclear a partir de fornecedores em rede.

Algumas das vantagens oferecidas pelo uso do Smart Farming são:

  • As informações são processadas e extraídas em tempo real;
  • As projeções são realizadas com base na análise dos números;
  • Os levantamentos de dados facilitam as tomadas de decisão;
  • Os planos de ações são definidos com mais eficiência;
  • Os resultados são emitidos continuamente para avaliação.

Para isso, são utilizadas ferramentas tecnológicas inteligentes como:

Softwares de gestão

Centralizar informações por meio de softwares de gestão é fundamental já que as informações sobre o cultivo são ininterruptas. Assim, todos os dados são encaminhados e processados em um único local, permitindo análises mais simples, rápidas e assertivas.

Sensores

Analisar as condições do solo, da temperatura e da umidade relativa do ar em tempo real pode não só mensurar como anda o cultivo, mas reduzir desperdício de água e detectar possíveis situações em que a colheita poderá ser aumentada.

Os sensores também captam a velocidade das colheitadeiras, fornecendo dados importantes para a tomada de decisões na resolução de gargalos e para o aumento da produção.

GPS

O GPS é uma tecnologia que vem evoluindo e que permite avaliar a produtividade da lavoura, programar as colheitas e até controlar o maquinário.

Drone

A tecnologia para drone já está estabelecida no agronegócio brasileiro graças às suas muitas funcionalidades que vão desde o mapeamento aéreo da propriedade, até acompanhamento da pulverização e irrigação da lavoura, com adição de dados para georreferenciamento.

Sem dúvida, uma das principais ferramentas disponíveis no mercado, que pode ampliar a aplicação do conceito de Smart Farming.

Satélite

Captar imagens semelhantes às que vemos com os olhos é a função do satélite, que também capta imagens espectrais, que são invisíveis aos olhos humanos.

Os satélites utilizam o infravermelho, que permite a análise das condições do clima e da umidade, entre outros. O produtor passa a ter uma riqueza de informações para conduzir melhor a produção.

Compreendendo que a Agricultura Inteligente é o futuro que está sendo construído para reduzir desperdícios, fornecer alimentos para todo o planeta e ser uma atividade cada vez mais sintonizada com a preservação do meio ambiente, a CelPlan oferece soluções em Sistemas de Gerenciamento de Informações, Automação Agrícola e Robótica, e Agricultura de Precisão, que são os três principais campos de tecnologia relacionados à Smart Farming.

Conheça mais sobre os nossos produtos, tecnologias e serviços.

NEWSLETTER

Cadastre-se em nosso banco de dados para ficar por dentro de todas as novidades da CelPlan!